BASTIDORES: ”Monitorado”, Luís Tôrres perdeu autonomia na Secom

luis torres

O jornalista Luís Tôrres não suportou o monitoramento imposto pelo governador João Azevêdo (PSB) em relação aos atos e processos da Secretaria de Comunicação do Estado. O fato é que Tôrres perdeu toda autonomia que tinha na pasta quando Ricardo era governador.

Segundo fontes revelaram ao Blog do Anderson Soares, João colocou duas pessoas na “cola” de Luís para realizar uma espécie de auditoria na Secom. Não apenas na Comunicação, mas em todas as pastas da gestão. Acostumado a ditar as regras do jogo na gestão de Ricardo, João “cortou as asas” do jornalista.

Outro ponto que causou chateação foi o fato do secretário ter um papel de mero coadjuvante no atual governo. Vaidoso e acostumado a ser o centro das atenções, Tôrres não aceitava o fato de Azevêdo dá mais “moral” à jornalista, Naná Garcez, diretora da Empresa Paraibana de Comunicação (EPC), responsável por administrar a Rádio Tabajara e o jornal A União, do que ao próprio secretário. Além de competente profissional, Garcez goza da confiança total do governador. Ela é sogra da filha de João.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: