Coronavírus mata líder da Maçonaria na Paraíba

O Grão-Mestre José Reinaldo Camilo de Souza, líder da Grande Loja Maçônica do Estado da Paraíba morreu na noite desta terça-feira (29) no Hospital da Unimed, em João Pessoa.

Ele estava internado desde o dia 16 de dezembro, quando testou positivo para a Covid-19.

De acordo com a nota assinada pelo Grão-Mestre Adjunto, Ailton Elisiário de Souza, a entidade decretou luto oficial de 21 dias e suspensão dos trabalhos maçônicos por 9 dias devido à morte do líder maçônico.

Veja nota na íntegra:

GRANDE LOJA MAÇÔNICA DO ESTADO DA PARAÍBA

NOTA OFICIAL

Temos o doloroso dever de informar à família maçônica a passagem ao Oriente Eterno de nosso Sereníssimo Grão-Mestre, Ilustre Irmão JOSÉ REINALDO CAMILO DE SOUZA, ocorrida por volta das 22 horas.

Elevemos nossos espíritos ao Grande Arquiteto do Universo, pedindo-Lhe que receba o nosso Grão-Mestre em sua bondade e misericórdia.

À família enlutada transmitimos os nossos pesares e nossos sentimentos de solidariedade.

Na conformidade do artigo 14, VI, de nossa Constituição e artigo 238, I, do Regulamento geral, decretamos luto oficial de 21 dias e suspensão dos trabalhos maçônicos por 9 dias.

Oriente de João Pessoa, 29 de dezembro de 2020.

AILTON ELISIÁRIO DE SOUZA
Grão-Mestre Adjunto

Crédito: Polêmica Paraíba 

Comentários

Blog do Anderson Soares - Todos os Direitos Reservados

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: