ELEIÇÕES 2020: Os políticos estão preparados para fazer o próprio Marketing Digital?

Os políticos estão preparados para fazer o próprio Marketing Digital?

Se levarmos em consideração o que vimos nas últimas eleições em 2018, podemos dizer que ainda não.

Parece que a maioria dos candidatos entenderam que marketing eleitoral nas mídias sociais seria apenas uma questão de jogar para o formato digital, peças criadas para o marketing político convencional, o que se mostrou uma péssima estratégia.

O que queremos dizer é que a implementação de uma campanha política nas redes sociais, na verdade, é o segundo passo de uma decisão anterior, a de ter uma presença digital séria e bem estruturada, de preferência com certa antecedência.

O uso das mídias sociais em uma campanha eleitoral é uma complementação de outras ações de presença digital como, por exemplo, a criação de um site, blog ou canal no Youtube onde o candidato possa apresentar seu perfil detalhado, ideias, propostas e programa de governo, utilizando as outras mídias para complementar o trabalho.

Conhecemos as regras do jogo e temos certeza que você não será apenas mais um no meio da multidão.

Ser único. Ser lembrado. Ter uma identidade perante o eleitorado. Esse é nosso negócio.

Felipe Miranda Comunicação e Marketing Político

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: