Julian Lemos denuncia canal no YouTube que faz apologia à tortura e sequestro da filha de Sérgio Moro

O deputado federal, Julian Lemos (PSL), fez uma denúncia grave nesta quarta-feira (4), na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara Federal. Segundo o parlamentar, um canal do YouTube, que faz defesa do “Lula Livre”, postou na internet um vídeo simulando um sequestro da filha do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que seria usada numa possível troca pelo ex-presidente Lula.

De acordo com Lemos, o vídeo faz apologia à tortura da filha do ministro, com requintes de crueldade. “O PT já foi informado sobre esse vídeo criminoso, que faz apologia à tortura, ao sequestro, como também a agressão às mulheres, e a cúpula do PT não se manifestou ainda. Fico imaginando se isso fosse o contrário. Esse tipo de material estimula a violência não só à família do ministro, das autoridade e cidadãos comuns”, afirmou.

Veja o comentário de Julian Lemos

 

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: