Deputada Edna Henrique se posiciona a favor da classe educacional e contra o contingenciamento

A deputada federal Edna Henrique (PSDB-PB) se posicionou nesta quinta-feira (16) contra o bloqueio de 30% dos recursos destinados às universidades e institutos federais do país, divulgado em abril deste ano pelo Ministério da Educação (MEC).

Os cortes também atingem os ensinos médio e fundamental, além de bolsas de mestrado e doutorado. Na avaliação da parlamentar, foi uma medida que pegou muitos de surpresa e comprometeu o planejamento da classe educacional.

“Foi muito forte a forma como nós soubemos desse contingenciamento na Educação. Enquanto estamos aqui trabalhando, buscando o melhor pela educação, vem uma surpresa tão forte, não só para nós que somos agentes políticos, mas para todo o país, principalmente para as universidades que foram as mais afetadas. Deixo aqui registrada minha solidariedade aos que fazem a educação do nosso país e a todos os universitários. Tenham certeza, estaremos levantando a bandeira da educação e vamos lutar para que o presidente Jair Bolsonaro reveja e volte atrás nessa decisão, pois não há possibilidade de buscarmos o desenvolvimento se subtraímos esses recursos que estão dando educação ao nosso povo, crianças e jovens”, disse a deputada.

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB), por meio do Fórum de Reitores das Instituições Públicas de Ensino Superior da Paraíba, entregará um documento à bancada federal do Estado, mostrando os impactos do corte de mais de R$ 100 milhões nos recursos das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) paraibanas.

Os gestores concluíram que as Ifes paraibanas devem ser resistentes aos cortes e empreenderem ação conjunta para revertê-los. Ressaltaram também a importância do apoio dos estudantes e da sociedade nas mobilizações e se mostraram positivos quanto ao apoio dos deputados e senadores paraibanos.

A parlamentar federal se coloca à disposição para receber os representantes das universidades paraibanas em seu gabinete. “Nosso gabinete está de portas abertas para juntos nos mobilizarmos com o objetivo de manter a verba da educação em nossas universidades”, disse Edna Henrique.

Comentários
Fechar Menu