Ministério Público pede afastamento de Berg Lima da Prefeitura de Bayeux

O Ministério Público da Paraíba, através da Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa, pediu a suspensão de liminar do desembargador Marcos Cavalcanti, que determinou o retorno de Berg Lima à Prefeitura de Bayeux.

No documento, o MP alega que “não é salutar para um Município que um prefeito condenado em primeira instância por improbidade administrativa, a partir de provas cabais e incontestes do ilícito perpetrado em detrimento dos cofres públicos, retorne ao regular exercício de Chefe do Poder Executivo, após mais de 1 ano e 4 meses
afastado do cargo”, diz.

Confira o documento:

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: