Prefeitura de Santa Rita ganha do SINFESA pela segunda vez e greve é declarada ilegal

O Tribunal de Justiça da Paraíba declarou neste sábado (03) ilegal a greve dos servidores municipais da Educação de Santa Rita, deflagrada no último dia 01 de março. Na decisão, o desembargador Marcos Cavalcanti determinou a imediata suspensão do movimento grevista, com fixação de multa diária de R$ 5 mil, podendo chegar até 200 mil, em caso de descumprimento da ordem judicial de retorno ao trabalho.

Esta é segunda vez a partir de 2017 que o Sindicato dos Funcionários Públicos do Município de Santa Rita (SINFESA) realiza o movimento grevista e, logo em seguida, é declarada como ilegal.

Confira a decisão:

Liminar

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: