Sem expressividade política, prefeito de Cabedelo tenta barganhar apoio de Cícero para disputar vaga de vice-governador


O prefeito de Cabedelo, Vítor Hugo (DEM), anunciou neste fim de semana, que mudou os planos em relação à disputa eleitoral de 2022. Anteriormente, o prefeito estava disposto a disputar uma vaga na Assembleia Legislativa. Essa era a articulação que vinha sendo feita nos bastidores. Entretanto, “picado pela mosca da vaidade”, Vítor Hugo, muda a rota e confirma que só participará do processo eleitoral em 2022 se for na condição de candidato a vice-governador.

Vítor Hugo calcula que pode ter a indicação do prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), para a vaga, já que abriria espaço para Mersinho Lucena (Republicanos), filho de Cícero, assumir a Prefeitura de Cabedelo. Ocorre que, para disputar a chapa majoritária, Vítor teria que se desincompatibilizar da vaga em abril do próximo ano e não há como fechar uma chapa com tanta antecedência. É um cálculo extremante complexo.

Outro ponto desfavorável ao prefeito de Cabedelo é a inexpressividade política em nível estadual. Vítor Hugo não tem densidade eleitoral nem peso político para pleitear a vaga. O espaço será disputado por personagens de envergadura política no Estado. O presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, já demonstrou interesse em disputar a vice, o senador Veneziano, que preside o MDB e tem a mãe senadora, certamente, tem interesse na vaga. Além do deputado Hugo Motta, com grande força no sertão. Só para citar alguns exemplos.

Diante do cenário exposto, conclui-se que Vítor Hugo se enxerga com um tamanho que não tem. Tenta fazer pressão sobre Cícero Lucena para uma possível indicação, mas até onde o Blog do Anderson Soares apurou, parece que a estratégia não tem encontrado eco no grupo de Cícero. Com o movimento de Hugo, informações de bastidores dão conta que Mersinho Lucena, já articula apoios para uma eventual candidatura à Câmara Federal, o que pode colocar uma par de cal nos planos megalomaníacos do prefeito de Cabedelo.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: