OPERAÇÃO CALVÁRIO: Delator afirma que deputado Ricardo Barbosa era sócio de Coriolano Coutinho em gráfica de CG

O Blog do Anderson Soares teve acesso à delação premiada do ex-assessor jurídico da Secretaria de Saúde do Estado, Bruno Donato – que procurou o Ministério Público espontaneamente – na qual traz  revelações importantes sobre o esquema de corrupção na Paraíba engendrado nas gestões do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), envolvendo empresários e políticos do Estado.

Em um trecho do depoimento, Bruno Donato revelou que, em 2014, a candidata a deputada estadual de Coriolano Coutinho seria a ex-secretária de Finanças do Estado, Aracilba Rocha, no entanto, Ricardo Coutinho não queria. Ele ressaltou que Coriolano rompeu com Aracilba e decidiu apoiar Ricardo Barbosa, então superintendente da Suplan à época, sócio de Coutinho numa gráfica, segundo a delação.

“Aracilba perdeu o apoio de Cori (Coriolano). Cori acabou apoiando Ricardo Barbosa, porém esse apoio não foi declarado, não sei por qual motivo. No período da campana, fui a Campina Grande com Cori. Lá fomos para uma gráfica no meio do mato. Lá encontramos Ricardo Barbosa e soube lá que os dois eram sócios dessa gráfica, inclusive, Cori perguntou se tinha chegado uma impressora que ele tinha comprado, Ricardo teria dito que sim e foi mostrá-la a ele”, diz o delator.

Em um outro trecho, Donato revelou, também, a participação do deputado no esquema de propina e compra de votos nas eleições de 2014. Segundo o delator, Ricardo Barbosa teria recebido R$ 100 mil de uma construtora para ajudar na campanha eleitoral.

“Estavam falando sobre o pagamento dos fiscais das urnas. Foi quando Ricardo Barbosa chegou no gabinete e entregou a Livânia uma caixa de Wisky e disse que tinha R$ 100 mil. Barbosa disse a Livânia que esse dinheiro seria de uma construtora, não me lembro o nome dessa construtora, e disse para ela pedir para Ricardo Coutinho depois ligar para o construtora agradecendo a ajuda”, contou.

O Blog enviou mensagens de WhatsApp para Ricardo Babosa, mas até o fechamento da matéria, ainda não havia obtido resposta.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: