VÍDEO: Daniel Silveira pede desculpas à Câmara e se diz arrependido por fala: ‘me excedi’

O deputado Daniel Silveira (PSL-RJ)
Imagem: LUIS MACEDO/AGÊNCIA CÂMARA

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) admitiu ter se excedido na fala durante vídeo que o levou à cadeia, esta semana. Em sessão na Câmara dos Deputados, que avalia se mantém ou revoga a prisão e a continuidade do seu mandato, Silveira também pediu desculpas pelo material. O parlamentar foi preso em “flagrante delito” na última terça-feira (16) por fazer ameaças a ministros do STF e ao Estado Democrático de Direito, segundo decisão do ministro Alexandre de Moraes.

O parlamentar foi preso em “flagrante delito” na última terça-feira (16) por fazer ameaças a ministros do STF e ao Estado Democrático de Direito, segundo decisão do ministro Alexandre de Moraes.

Assisti ao vídeo três vezes e vi que me excedi na fala”, disse ele. “Peço desculpas a todo o Brasil, todos os juristas renomados, que perceberam que me excedi na fala. Peço desculpas a qualquer brasileiro que tenha se ofendido, mas já me arrependi”, completou, em seguida. Na oportunidade, ele disse que as falas foram “realmente duras” e que mudou de opinião “um ou dois dias depois”. “Em um dia ou dois nós mudamos a cabeça, nós mudamos a mente. Não estou aqui querendo justificar a fala no meu primeiro mandato, talvez por uma inexperiência sobre o que está acontecendo no Brasil.”

Em discurso de cerca de dez minutos, Silveira também se defendeu dizendo não ser criminoso e que, por isso, não deve ser levado ao Conselho de Ética. “Estão prostituindo o Conselho de Ética, são ações que não têm necessidade”, argumentou. Ele também criticou a decisão da Justiça em bloquear as suas redes sociais, após a prisão.

Comentários

Blog do Anderson Soares - Todos os Direitos Reservados

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: