Romero Rodrigues insinua covardia de Veneziano com Maranhão: “O senador estava em um leito de UTI aí você vai e se apropria do partido”

Pretenso candidato ao governo do Estado em 2022, o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), lamentou que o seu partido não possa mais contar com o apoio do MDB nas próximas eleições.

De acordo com Romero a morte do senador José Maranhão fez com que houvesse grandes mudanças na conjuntura política sobretudo com a ascensão de Veneziano Vital do Rêgo para a liderança do partido na Paraíba.

Romero criticou a forma como Veneziano assumiu o comando do partido.

“Deus o levou, não vamos mais poder contar com ele e naturalmente com o MDB até porque lhe foi tirado o MDB, porque naturalmente deveria pelo menos ter esperado, pois o Maranhão estava em um leito de UTI, aí você vai e se apropria do partido”, criticou.

As informações repercutiram no programa Correio Debate.

Blog do Ninja

Comentários

Blog do Anderson Soares - Todos os Direitos Reservados

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: