ANÁLISE – João Azevêdo pretende dar choque de eficiência ao serviço público com abertura à iniciativa privada

 

Foto: Francisco França/Secom-PB

O governador João Azevêdo (Cidadania) deu um passo importante, em direção à eficiência dos serviços públicos, ao editar o decreto que aprova o Plano Estadual de Parceria Público-Privada (PPP). Não há outro caminho. Aliás, a Paraíba está atrasada em relação ao assunto. Chegou a hora de enxergar a iniciativa privada como parceira da gestão pública, como a grande fomentadora de emprego e renda, capaz de contribuir com a diminuição do tamanho e dos gastos da máquina pública.

O plano prevê entre outras ações, a concessão à iniciativa privada para construção da Ponte Cabedelo/Lucena, do arco metropolitano de João Pessoa e a modernização do Porto de Cabedelo, promessas de vários governos que não saíram do papel. Projetos de infraestrutura e mobilidade que vão refletir, positivamente, no turismo e economia paraibana. A cidade de  Lucena pode se transformar em point turístico tão badalado quanto Porto de Galinhas, com belas praias e mobilidade atrativa. Para quem não sabe, o principal acesso à praia pernambucana é fruto de Parceria Público-Privada.

Além dessas obras, o plano Estadual de PPP também concede à iniciativa privada a administração dos dois estádios de futebol (Almeidão e Amigão), além dos ginásio Ronaldão.  ainda o Centro de Convenções e terminais rodoviários do Estado, entre outros. É o caminho para abertura de outras áreas, a exemplo do Sistema Penitenciário, que custa caro aos cofres públicos e oferece poucos resultados à sociedade.

A máquina é muito pesada, ineficiente e custa muito caro ao bolso dos contribuintes. Sou a favor e torço pelo choque de liberalismo na economia, entretanto, a tarefa é hercúlea, já  que passa pela ruptura com o modelo político praticado no Brasil e na Paraíba, quem nem sempre é republicano. Até lá, a parceria público-privada já é o início de uma mudança com o modelo carcomido de gestão pública. Espero que o governador siga firme nessa direção. Certamente, os paraibanos saberão retribuir.

 

 

Comentários

Blog do Anderson Soares - Todos os Direitos Reservados

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: