BAYEUX- Perícia atesta que carta-renúncia vazada à imprensa não foi assinada pelo vereador eleito Josimar Versalle

O advogado Alberdan Coelho e Josimar Versalle denunciaram a falsificação de assinatura na Delegacia de Bayeux

Novidade na política de Bayeux. Laudo grafotécnico assinado pelo perito Bruno Caldas Dantas, atestou que assinatura de uma suposta carta-renúncia não foi escrita pelo vereador eleito, Josimar Versalle.  A perícia foi solicitada pelo advogado do vereador, Alberdan Coelho, após vazamento da suposta carta com a assinatura falsa de Josimar.

Suposta carta-renúncia vazada à imprensa

“ Isto posto, este perito, após meticulosos cotejos grafoscópicos, identificou 20 divergências de ordem geral e grafocinética encontradas por esse parecerista, onde destacam-se as seguintes divergências: Aspecto geral da escrita; Velocidade Gráfica; Ritmo Gráfico; Dinamismo Gráfico ou Grau de Habilidade do Punho escrevente, escrevente, onde fica evidente que as escritas questionada apresentam maior habilidade na escrita”, destacou o perito.

Entenda o caso 

Segundo informações divulgadas pela imprensa, pelo menos 10 vereadores, sendo oito deles novatos, teriam sido obrigados a assinar cartas renunciando seus mandatos como forma de assegurar a fidelidade e impedir que eles migrem para outra candidatura na eleição da próxima Mesa Diretora da Casa.

Além de eleger a mesa diretora da Câmara o grupo teria também o intuito é “derrubar” a prefeita Luciene Gomes (PDT), realizando assim a convocação de uma nova eleição municipal.

Confira o laudo grafotécnico no link abaixo:

LAUDO EXTRA JUDICIAL. PERITO BRUNO CHIANCA. JOSIMAR ADÃO VARSALLE

 

Comentários

Blog do Anderson Soares - Todos os Direitos Reservados

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: