Bolsonaro surpreende e nomeia candidato menos votado na eleição para reitor da UFPB

Valdiney foi o terceiro colocado na lista tríplice elaborada pela UFPB. Foto: Divulgação

O professor Valdiney Veloso Gouveia será o novo reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O nome dele foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (4), com indicação assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Com a escolha do terceiro nome na lista tríplice elaborada pela instituição, o gestor quebrou a tradição consolidada nos governos petistas de escolher sempre o primeiro colocado na eleição interna.

Gouveia ostentou uma soma ponderada na votação que não ultrapassou 106,496 pontos, bem atrás da primeira colocada, Terezinha Domiciano, da Chapa 2, que obteve a soma ponderada e normalizada de 964,518. Muito atrás ainda da Chapa 1, encabeçada por Isac Medeiros, que obteve soma ponderada e normalizada de 920,013. Apesar da boa pontuação dos dois primeiros colocados na corrida eleitoral, o nome de Valdiney Veloso sempre foi colocado como favorito por causa do alinhamento ideológico com o presidente.

Reprodução/Diário Oficial da União

 

Os nomes foram enviados para apreciação do presidente em setembro, após conturbada disputa judicial e nas instâncias internas. O Consuni (Conselho Universitário) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) homologou no dia 9 de setembro o resultado da eleição. As denúncias de fraudes foram rejeitadas pelo relator da consulta, Zaqueu Ernesto. Para ele, todas elas foram extemporâneas e sem potencial para influenciar no resultado da eleição. Dois dias depois, o resultado foi mantido pelos órgãos deliberativos da instituição e enviado para o presidente. A data da posse ainda não foi marcada.

O professor Valdiney Veloso Gouveia será o novo reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O nome dele foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (4), com indicação assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Com a escolha do terceiro nome na lista tríplice elaborada pela instituição, o gestor quebrou a tradição consolidada nos governos petistas de escolher sempre o primeiro colocado na eleição interna.

Gouveia ostentou uma soma ponderada na votação que não ultrapassou 106,496 pontos, bem atrás da primeira colocada, Terezinha Domiciano, da Chapa 2, que obteve a soma ponderada e normalizada de 964,518. Muito atrás ainda da Chapa 1, encabeçada por Isac Medeiros, que obteve soma ponderada e normalizada de 920,013. Apesar da boa pontuação dos dois primeiros colocados na corrida eleitoral, o nome de Valdiney Veloso sempre foi colocado como favorito por causa do alinhamento ideológico com o presidente.

Reprodução/Diário Oficial da União

 

Os nomes foram enviados para apreciação do presidente em setembro, após conturbada disputa judicial e nas instâncias internas. O Consuni (Conselho Universitário) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) homologou no dia 9 de setembro o resultado da eleição. As denúncias de fraudes foram rejeitadas pelo relator da consulta, Zaqueu Ernesto. Para ele, todas elas foram extemporâneas e sem potencial para influenciar no resultado da eleição. Dois dias depois, o resultado foi mantido pelos órgãos deliberativos da instituição e enviado para o presidente. A data da posse ainda não foi marcada.

Blog do Suetoni 

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: