Cícero inaugura comitê da Zona Sul e assina Carta Compromisso com a cultura de João Pessoa

O candidato à prefeitura de João Pessoa dos Progressistas, Cícero Lucena, inaugura logo mais (20h30) na Rua Bancário Sérgio Guerra, 185, no Bairro dos Bancários, com a presença de artistas e militantes culturais o seu comitê de campanha da Zona Sul.

Na ocasião, Cícero assina, com a presença de representantes do Fórum dos Fóruns de Cultura da Paraíba (FdF-PB), a Carta-compromisso com a Cultura de João Pessoa. O documento é uma carta direcionada aos candidatos e candidatas às Prefeitura Municipal de João Pessoa, estabelecendo compromissos básicos para nortear a gestão e as políticas culturais do município.

Entre os 16 itens que compõem a carta estão: criação do Sistema Municipal de Cultura (SMC), elaboração do Plano Municipal de Cultura, ampliação progressiva do orçamento da cultura, cumprimento do piso orçamentário e da anualidade no lançamento de editais do FMC, criação do Sistema de Financiamento e Fomento à Cultura e Economia Criativa, investimentos equilibrados no setor cultural, investimentos na Economia Criativa, revisão e elaboração compartilhada, participativa e pactuada do Plano Plurianual da Cultura (2022-2025), implementação de políticas públicas afirmativas visando reparação, fortalecimento e fomento às culturas de matriz africana, indígena, das culturas populares e dos povos e comunidades tradicionais, em toda sua pluralidade e diversidade. Entre outros…

Em seu plano de governo Cícero já se comprometeu a integrar as instituições culturais do Centro Histórico, criar uma política de valorização dos nossos ícones e personalidades artísticas e culturais neste território histórico com instalação de obras de escultura ou murais públicos em sua homenagem, Concluir imediatamente as obras do Conventinho, criar e instalar neste ambiente a Biblioteca Municipal da cidade de João Pessoa, abrir editais para realização de concurso voltado a instalação de obras artísticas públicas nas principais praças e territórios de cultura, voltar a realizar anualmente o Salão Municipal de Artes Plásticas (Samap), abrir editais para publicação, aquisição e distribuição de livros de autores de João Pessoa.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: