IBOPE: Cícero tem 21%, Nilvan aparece com 15%, Walber, Ricardo, Edilma e Ruy estão empatados

 


A segunda rodada de pesquisas do Ibope Inteligência, contratada pela TV Cabo Branco, mostra Cícero Lucena (PP) numericamente à frente dos adversários na corrida eleitoral pela prefeitura de João Pessoa, com 21% das intenções de voto. Ele é seguido por Nilvan Ferreira (MDB), que tem 15%. Considerando a margem de erro de 4 pontos percentuais para cima ou para baixo, eles estão tecnicamente empatados. Na primeira sondagem, eles tinham 18% e 15%, respectivamente.

A sondagem mostra uma disputa maior em relação à segunda colocação, considerando a margem de erro, já que depois de Nilvan Ferreira, com 15%, surgem Ricardo Coutinho (PSB) e Wallber Virgolino (Patriota), ambos com 10% de menções. Eles tinham 12% e 10%, respectivamente, na primeira consulta. O empate técnico no segundo lugar inclui ainda Ruy Carneiro (PSDB) e Edilma Freire (PV), ambos com 9%. Na consulta anterior, eles tinham 7% e 5%, respectivamente.

 

Os demais candidatos oscilam dentro da margem de erro e têm até 3% das citações. Nesta rodada, os nomes dos candidatos Camilo Duarte (PCO), Carlos Monteiro (REDE) e Rafael Freire (UP) constavam no disco apresentado aos entrevistados, porém, não foram citados. Na primeira pesquisa, Pablo Honorato Nascimento era candidato pelo PSOL, e agora Ítalo Guedes passou a ser o candidato pelo partido. Eleitores que intentam votar em branco ou anular seu voto somam 13% (eram 20%) e os indecisos são 7% (eram 8%).

FICHA TÉCNICA DA PESQUISA
A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 22 de outubro de 2020. Ao todo, foram entrevistados 602 votantes. A margem de erro máxima estimada é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

A pesquisa foi contratada pela Televisão Cabo Branco LTDA./ TV Cabo Branco. A consulta foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba sob o protocolo No PB 08581/2020. A pesquisa foi feita de forma presencial, com os entrevistadoresutilizando os equipamentos de proteção (EPIs) necessários para garantia da própria saúde e também a dos entrevistados.

Blog do Suetoni 

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: