Prefeito de São Bento, Jarques, tem carro pago por empresário preso na Operação Famintos; VEJA COMPROVANTE

Uma grave denúncia feita pelo deputado estadual e candidato à Prefeitura de São Bento, Galego Souza (Progressistas) vêm repercutindo por toda a cidade e passará a ser alvo de investigações do Ministério Público Federal.

É que o atual prefeito do município sertanejo, Jarques Lúcio, o Dr. Jarques, teve parcela de um veículo de luxo de sua propriedade, paga diretamente por um dos empresários presos durante a Operação Famintos, que desbaratou um esquema fraudulento de desvios na merenda em Campina Grande e que as empresas investigadas tinham atuação em outros municípios paraibanos, inclusive fornecendo alimentos para São Bento.

Segundo consta no documento (veja abaixo) dr. Jarques teve parcela do veículo pago pelo empresário Raimundo Aldemar Fonseca Pires. Nos detalhes da transação é possível verificar que a quantia de R$ 8.413,07 para pagar o boleto do Banco Safra no qual dr. Jarques é o ‘pagador’, foi realizada diretamente da conta do Banco do Brasil de Raimundo Aldemar.

A transação foi realizada no dia 10 de agosto de 2018, ainda é válido lembrar que as empresas as quais Raimundo Aldemar Fonseca Pires é sócio: Raimundo Aldemar Fonseca Pires – EPP e Santa Maria Comércio de Alimentos LTDA – ME, receberam de prefeituras paraibanas a quantia de R$ 156 milhões e de São Bento, R$ 1,3 milhões.

De acordo com Galego Souza, a denúncia comprova uma relação próxima entre dr. Jarques e o empresário envolvido nas fraudes na merenda escolar.

A Operação

As investigações da Operação Famintos foram iniciadas a partir de representação autuada no MPF, que relatou a ocorrência de irregularidades em licitações na Prefeitura de Campina Grande mediante a contratação de empresas “de fachada”.

Com o aprofundamento dos trabalhos pelos órgãos parceiros, constatou-se que desde 2013 ocorreram contratos sucessivos, onde além da merenda escolar, as contratações incluíam o fornecimento de material de higiene e de limpeza.

Ao todo a operação já está em sua 5ª fase e segue cumprindo mandados de busca e apreensão e prisão por toda a Paraíba.

Veja o comprovante de pagamento realizado por Raimundo Aldemar em favor de Jarques Lúcio:

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: