Em ano de superação e dedicação extra, professores recebem homenagens e celebram seu Dia

O ano de 2020 tem sido de superação e reinvenção para muitos profissionais. Os professores, por exemplo, precisaram de uma dedicação extra. Acostumados ao contato e a olhar no olho de seus alunos, eles tiveram que elaborar e implantar uma diversidade de recursos que ajudassem a levar às crianças e adolescentes não apenas conteúdo e conhecimento, mas também o carinho e o apoio da rotina diária.

Nesta quinta-feira (15), quando se comemora o Dia do Professor, estes profissionais recebem justas homenagens. “Imagine um homem como eu que não gostava nem de tirar foto no aniversário dos meus filhos, ter que fazer gravações de vídeos. Agora já está melhor pra mim porque já fui me acostumando com essa ideia”, disse sorrindo o professor polivalente da Escola Municipal Leônidas Santiago, José Aclécio Dantas.

José Aclecio foi um dos profissionais que precisou se reinventar e ampliar seus talentos para atender a demanda do momento. Em João Pessoa, com a suspensão das aulas presenciais no dia 18 de março, a Prefeitura Municipal definiu duas estratégias principais, contemplando tanto os alunos com contato com a internet quanto àqueles que nem possuem computador. Dessa forma, foram disponibilizados aos estudantes conteúdos digitais e impressos. As aulas são transmitidas por meio de plataformas como Conexão EscoLar, Google Class Room e Google Forms e também pelos grupos de WhatsApp. Os professores também gravam videoaulas que são transmitidas, de segunda a sexta-feira, pela TV Câmara, canal aberto.

Desafios – Os desafios para os professores ainda são enormes. O professor José Aclécio, por exemplo, disse que todos os conceitos do que é ser professor precisam ser revistos. “Nunca em nossa geração o termo superação se tornou tão significativo. Hoje, a gente trabalha mais intensamente com a individualidade do aluno. Estamos dando aula para a
família inteira porque muitos pais acompanham os filhos nas aulas remotas. Ser professor hoje é quase ser um membro da família. Pra mim, ser professor é ligar diversos saberes: o saber do aluno com o saber socialmente construído; os problemas com os afetos; e juntar, a partir da perspectiva da família, o saber escolar com a rotina familiar”, afirmou.

A professora polivalente Esther Lobo de Farias, da Escola Municipal Economista Celso Monteiro Furtado, concorda que o ano tem sido desafiador e que precisou se reinventar e se adaptar. “Nós sabemos da dificuldade de muitos pais. Grupos de WhatsApp com familiares dos alunos antes servia para bate papo, mas agora virou uma ferramenta de sala de aula virtual, na qual o professor posta videoaulas, áudios explicativos, links para os vídeos relacionados aos conteúdos e propostas de atividades diárias”, explicou ela.

Dia do professor – Apesar do momento em que o mundo inteiro está vivendo, a data 15 de outubro continua sendo um dia de lindas homenagens, mas muito mais do que isso. É o que pensa Fabiana Machado Rodrigues de Melo, mãe do estudante Davi Rodrigues de Melo, do Centro de referência de Educação Infantil Arthur Belarmino.

“Como bravos guerreiros em uma jornada, nossos professores enfrentaram desafios impensáveis, se mantiveram constantes mesmo sem a presença física dos seus alunos. Continuaram preparando seus roteiros de aulas, suas atividades, como se todos estivessem em sua sala. E é com emoção que dedico a todos os professores a mais sincera admiração. Queridos professores, feliz dia, feliz Dia do Mestre, feliz dia de pessoas dignas de nossos carinhos e respeito, feliz dia dos nossos bravos guerreiros”, parabenizou a mãe do aluno.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: