Cartaxo autoriza obras do Parque das Águas em Mangabeira

Gestão que mais investe em Praças e Parque promove revitalização do Rio do Cabelo e cria novo espaço de convivência, bem-estar e sustentabilidade

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, autorizou, na manhã desta terça-feira (8), as obras de construção do Parque das Águas, no Bairro de Mangabeira. Depois do Parque da Lagoa e do Parque da Bica, além de realizar o Largo de Tambaú e o maior programa de praças e parques da história da Capital, a atual gestão da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) segue realizando investimentos que geram mais qualidade de vida para a população e com foco na sustentabilidade. O Parque das Águas servirá não só à população da Zona Sul, mas a toda a Capital, como mais uma área de preservação ambiental e de contemplação da natureza com atividades culturais, de lazer, esporte e entretenimento.

“No maior bairro de João Pessoa estamos iniciando mais uma importante obra que preserva o meio ambiente e garante mais qualidade de vida e bem-estar. A Zona Sul precisava de um equipamento como este, que valoriza toda a região dentro do mais moderno conceito de cidade, onde ela é planejada para as pessoas, para viver melhor. O Parque das Águas promove a revitalização do Parque do Cabelo e transforma a região para uso sustentável pela população”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

Construído às margens do Rio do Cabelo, o Parque das Águas será um grande bosque onde será possível uma visitação com conscientização sobre a sustentabilidade e importância de serem preservados nossos recursos naturais. Para a obra, a PMJP irá revitalizar a nascente do Rio e construirá uma ponte em madeira sobre ele para proporcionar um passeio mais próximo à natureza. O investimento na obra será de mais de R$ 3,1 milhões e compreenderá uma área superior aos 40 mil metros quadrados.

Na obra, estão previstas a construção de um pórtico de acesso ao parque, quiosques e banheiros acessíveis, estacionamentos, empraçamentos, bicicletário, campo de futebol com alambrado, áreas de convivência, bosque com trilhas e bancos para leitura, playground, calçadas e implantação de iluminação. Todo o projeto foi desenvolvido pela Secretaria de Planejamento (Seplan) com apoio das Secretarias de Infraestrutura (Seinfra) e de Meio Ambiente (Semam).

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: