Ação de Saúde e Cidadania realiza cerca de mil atendimentos neste sábado

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realizou neste sábado (29) cerca de mil atendimentos na Ação de Saúde e Cidadania nos bairros da Capital, com consultas especializadas para usuários de Unidades de Saúde da Família (USFs) dos cinco Distritos Sanitários. A ação teve o objetivo de dar rapidez aos atendimentos especializados que foram suspensos em decorrência da pandemia do Coronavírus.

Segundo a secretária adjunta da SMS, Ana Giovana Medeiros, a Ação de Saúde e Cidadania, que vem sendo realizada nos últimos anos pela PMJP e foi retomada neste sábado, superou as expectativas. “Tivemos mais ou menos 200 atendimentos com especialistas e 294 com médicos gerais. Foi muito bom poder oferecer esse atendimento rápido e eficaz aos pacientes”, disse Ana Giovana Medeiros. Ela ainda afirmou que foram 94 atendimentos com Clínica Geral, 452 atendimentos geral, além de mais de 200 testes rápidos de sífilis, hepatites virais e HIV, assim como mais de 50 testes de USG de próstata e coleta de citopatologias do colo de útero.

A ação dá continuidade ao Plano Estratégico de Flexibilização em João Pessoa. Com o avanço no quadro de estabilização dos casos de Covid-19, as USFs fizeram um levantamento dos serviços especializados mais solicitados e estabeleceram um cronograma dos atendimentos médicos que foram suspensos durante período mais crítico de isolamento social. “Esperamos que essa ação diminua a fila de espera que a quarentena deixou, pois sabemos como a Atenção Especializada rápida é importante para a população. Esperamos fazer outras ações até que a demanda diminua”, explicou Ana Giovana Medeiros

A Ação de Saúde e Cidadania atendeu pacientes que procuravam atendimentos, até então suspensos, de psiquiatria, geriatria, dermatologia, ginecologia, reumatologia, urologia, pediatria, neurologia, endocrinologia, entre outras especialidades, e exames como ultrassonografia e eletrocardiograma. Além disso, usuários também tiveram acesso a assistência complementar, como aferição de temperatura, oximetria de pulso e pressão arterial, teste rápido para hepatites virais, HIV e sífilis, coleta de citopatológico de colo de útero, vacinação, além atendimento médico, clínico geral, para demanda espontânea àqueles usuários que não conseguem ter acesso durante a semana.

As consultas aconteceram das 8h às 12h em uma unidade de cada Distrito Sanitário: USF Integrada Cruz das Armas II (Distrito Sanitário I), USF Integrada Colinas do Sul II (Distrito Sanitário II), USF Integrada Mangabeira (Distrito Sanitário III), USF Integrada Alto do Céu (Distrito Sanitário IV) e USF Integrada Bancários (Distrito Sanitário V), com agendamento prévio dos usuários, que estavam inseridos no Sistema de Regulação.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: