Docentes divulgam Carta de Apoio à Chapa 2 na eleição para a reitoria da Universidade Federal da Paraíba

Docentes da Universidade Federal da Paraíba divulgaram, na quinta-feira (20), Carta de Apoio à Chapa 2 na eleição para a reitoria da UFPB, que possui como candidatas as professoras Terezinha Domiciano (reitora) e a Profª Mônica Nóbrega (vice-reitora).

Confira a Carta

*CARTA DE APOIO À CHAPA 2 A UFPB E OS DIREITOS HUMANOS*

Nós, docentes da UFPB, atuando com o ensino, a pesquisa, a extensão e a gestão na área de direitos humanos, integrantes do Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos (NCDH) e do Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos, Cidadania e Políticas Públicas (PPGDH), viemos a público prestar nosso apoio à Chapa 2 na eleição para a reitoria da UFPB, com a Profª. Terezinha Domiciano (reitora) e a Profª Mônica Nóbrega (vice-reitora).

Nas últimas três décadas, a UFPB vem se destacando no cenário nacional e internacional pela sua atuação na área dos direitos humanos, constando como pioneira, dentre as universidades brasileiras, na construção de uma Comissão de Direitos Humanos, de uma Ouvidoria Universitária, na realização de Seminários Internacionais de Direitos Humanos, na criação de uma área de concentração em Direitos Humanos no Programa de Pós Graduação em Direito do CCJ, e de um Programa de Pós-Graduação interdisciplinar em Direitos Humanos, Cidadania e Políticas Públicas vinculado ao CCHLA.

Lamentavelmente, temos assistido nos últimos anos a uma desvalorização institucional da nossa temática pela administração central da UFPB. Um exemplo disso foi o desperdício de uma emenda parlamentar que se destinava à construção de um prédio para o NCDH, e que não chegou a ser executada pela Prefeitura Universitária. Também nos últimos anos, testemunhamos, estupefat@s, a ausência de diálogo da administração central da UFPB com @s estudantes, o que se materializa em uma política inadequada de assistência estudantil e em sucessivas denúncias de violências praticadas pela segurança universitária contra estudantes negros, socialmente vulneráveis e/ou da população LGBTQI+, denúncias estas que não encontram respostas institucionais adequadas e definitivas.

Em contraste, acompanhamos de perto as duas gestões da Profª. Terezinha Domiciano e da Profª Mônica Nóbrega como diretoras, respectivamente, do CCHSA e do CCHLA, e pudemos testemunhar suas práticas democráticas e participativas, seu modelo gerencial fundado em regras claras e transparentes, seus compromissos e seu diálogo com todos os segmentos, pautadas no respeito à inclusão, à diversidade e aos direitos humanos. Anima-nos perceber que a carta programa das professoras Terezinha e Mônica incorpora os direitos humanos como um tema transversal ao conjunto das políticas universitárias, e dá atenção especial às políticas de inclusão e permanência direcionadas @s estudantes socialmente vulneráveis, reafirmando o respeito às diversidades e às políticas de ações afirmativas.

Vivemos uma crise sanitária, econômica e política gravíssima, precisamos defender a autonomia da Universidade e o seu papel de formadora de profissionais competentes, e de cidadãos responsáveis e solidários. É hora de mudar a UFPB com inovação e inclusão. Por isso, votamos e recomendamos o voto para a CHAPA 2, Terezinha Domiciano (Reitora) e Mônica Nóbrega (Vice-Reitora).

João Pessoa, UFPB, 20 de agosto de 2020

ASSINAM

Alexandre Magno Tavares
Carmélio Reynaldo Ferreira
Elio Flores
Elizete Guimarães
Fátima Rodrigues
Fernando Cezar de Andrade
Giuseppe Tosi
Gloria Rabay
Gustavo Batista
José Baptista de Mello Neto
Lucia Guerra
Marlene França
Monique Cittadino
Nazaré Zenaide
Orlandil de Lima
Rodrigo Freire
Rosa Godoy
Suelídia Maria Calaça

*A votação*

A votação para a Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vai acontecer de forma on-line, no próximo dia 26 de agosto, pelo sistema SigEleição da UFPB, das 7 às 22h. Poderão votar professores e técnico-administrativos do quadro permanente da UFPB e em efetivo exercício, e alunos da UFPB formalmente matriculados nos cursos de médio e profissionalizante, graduação e tecnológico, pós-graduação, mestrados (acadêmicos e profissionalizantes), doutorados e pós-graduação (lato sensu), nas modalidades de especialização, residência médica, residência multiprofissional e residência em área profissional da saúde.

O acesso ao SigEleição será por meio de autenticação do eleitor, através de login e senha, únicos e intransferíveis, os mesmos utilizados para o acesso aos sistemas da UFPB. Para ter direito de acesso, docente, técnico-administrativo e estudante deverá providenciar, caso ainda não tenha, a criação de sua conta através do autocadastro, até 24 horas antes do dia da consulta estabelecido para votação.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: