Prefeito Luciano Cartaxo entrega primeira praça 100% sustentável da Paraíba e gestão chega a 62 espaços públicos de lazer

A primeira praça 100% sustentável da Paraíba foi entregue pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, na noite desta segunda-feira (17). Localizada no bairro Jardim Oceania, a Ecopraça tem um projeto arquitetônico que visa à valorização dos recursos naturais. Ela foi construída a partir do diálogo com a comunidade através do Orçamento Participativo (OP) e utiliza energia solar, madeira de reflorestamento, entre outros diferenciais que estimulam a conscientização da população para a preservação ambiental. Dentro da comemoração pelos 435 anos da Capital, o programa de Praças e Parques chega à marca de 62 espaços públicos de lazer entregues entre novos e requalificados para promover mais bem-estar e qualidade de vida.

“Esta é uma data especial para nós porque dentro do planejado para comemorarmos os 435 anos de João Pessoa estamos entregando esta praça com um valor incalculável. Construímos uma cidade para as pessoas, uma cidade viva, cada vez mais humana e também sustentável. E a Ecopraça simboliza este cuidado que temos com cada pessoense, em oferecer ambientes que promovem a qualidade de vida, o bem-estar, mas também geram conscientização ambiental e a discussão sobre a importância de preservarmos a natureza e os recursos naturais”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

Além de seguir o padrão de todas as praças construídas pela atual gestão, contando com Academia da Terceira Idade (ATI), playground, áreas de convivência, dotados de acessibilidade, o diferencial da Ecopraça Jardim Oceania é que ela também conta com coreto, Ecoteca, área para cães, bicicletário, estacionamento, horta comunitária, área para o plantio de novas árvores, núcleo de compostagem, será adaptada para a captação de energia solar para garantir sua própria iluminação, os brinquedos serão construídos com madeira de reflorestamento e terá o aproveitamento de um poço artesiano para suprir a necessidade de água para o cultivo das árvores frutíferas, plantas ornamentais e da horta comunitária.

A Ecopraça surgiu a partir de uma ação da própria comunidade que buscou alternativas para uma área que servia apenas para o despejo de lixo domiciliar e entulhos da construção civil. Após diálogo com o Orçamento Participativo (OP) e Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) da PMJP, a iniciativa da Ecopraça, que já contava com a horta de plantas medicinais e avançava com ações educativas e outras atividades, ganhou também um projeto arquitetônico e paisagístico colaborativo desenvolvido entre técnicos da gestão municipal e a comunidade. Para a construção da praça, foram preservadas todas as espécies vegetais existentes e plantadas pela população, com acréscimo de diversas áreas de canteiros.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: