Vereador de Pedras de Fogo afirma receber ameaças de levar ‘pisa’ e anuncia rompimento com o grupo do prefeito

Mais um político e Pedras deixar o grupo do prefeito Dedé Romão (PSB). Dessa vez foi o vereador Fabiano Silva (PDT) que afirma estar recebendo ameaças e anuncia rompimento com o grupo da situação do município. O anúncio foi feito durante sessão da Câmara Municipal, nesta quarta-feira (8).

“Hoje anuncio meu rompimento publicamente e falo para vocês os motivos reais que me fizeram chegar ao meu limite. Traição existe sim na política e eu fui traído. Na política existe acordo e desacordo, existe humilhações e nós vamos nos moldando até o nosso limite, o que não pode existir na política ou em lugar algum é ser ameaçado. Porque você tem que se curvar a um cidadão que acha que tem o tem o rei na barriga e que pode humilhar, gritar e ficar me ameaçando, dizendo: ‘quero mandar um recado ao teu vereadorzinho que eu pego dois capangas que eu tenho lá no Conde e mando dar um pisa nele para quebrar o outro braço’. Vai dar um pisa em mim porque não quero fazer campanha?”, pontua Fabiano.

O vereador lamenta o rompimento, mas reafirma que não pode permanecer em um grupo que não possui mais a essência que ele ajudou a construir. “Eu erro, sou falho, mas das pessoas de bem que estavam com o prefeito eu era o último e esse último se foi, além de estar sendo ameaçado”.

“Chego ao meu limite. Estou rompido e saio de cabeça erguida. “Nao sei em que grupo estarei, mas pode ter certeza que darei 100% de mim”, acrescenta o vereador Fabiano.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: