Atividades econômicas da PB voltam a funcionar na segunda-feira de acordo com a classificação de risco, diz João Azevêdo; saiba como

O governador João Azevêdo (Cidadania), anunciou nesta sexta-feira (12), às regras de flexibilização das atividades econômicas na Paraiba, a partir da próxima segunda-feira (15). O documento vai orientar os prefeitos quanto aos parâmetros que precisam ser obedecidos para a reabertura da atividade econômica, notadamente das áreas não essenciais. As faixas vão variar do vermelho ao verde, dependendo dos riscos de contágio e colapso na saúde. “Na segunda-feira, todo o comércio não vai voltar, não abre tudo, mas teremos cada segmento da economia voltando de acordo com a classificação das bandeiras”, disso o governador.

As bandeiras definidas pelo governo do Estado são divididas em quatro. O vermelho trás restrições adicionais de locomoção. O laranja permite o funcionamento apenas das atividades essenciais. O amarelo restringe o funcionamento das atividades que proporcionem maior risco de contaminação. Já o verde pressupõe o funcionamento de toda a atividade econômica, mas com as regras de distanciamento social e uso de máscara ainda sendo exigidas.

As bandeiras são reavaliadas a cada 14 dias, levando em conta as taxas de obediência ao isolamento social, progressão de novos casos, letalidade e ocupação dos leitos hospitalares. Um município que progrediu do vermelho para o amarelo em uma quinzena, pode regredir para o estágio anterior na quinzena seguinte. Se isso ocorrer, assim como o feito em outros estados, pode haver determinação para novo fechamento da atividade econômicas.

O quadro mostra que na Região Metropolitana de João Pessoa, apenas Santa Rita e Bayeux se encontram na faixa vermelha. Com isso, a orientação do governo é a de que os dois municípios mantenham abertos apenas os serviços essenciais. Os prefeitos das duas cidades, no entanto, anunciaram planos para a abertura do comércio já a partir de segunda-feira (15). O prefeito Emerson Panta (PSDB), de Santa Rita, fez o anúncio na quarta-feira. Já Jefferson Kita (Cidadania), de Bayeux, fez o anúncio nesta quinta-feira.

João Pessoa  está classificada com a faixa amarela e vai abrir alguns setores, mas com muitas restrições para o funcionamento. O de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), decidiu flexibilizar até o funcionamento dos templos religiosos, mas também com restrições. Campina Grande também está classificado com bandeira amarela. Os Ônibus voltam a funcionar com 60% da capacidade.

Como funcionarão as atividades a partir de segunda, independente da bandeira.

Hotéis funcionarão com restrições para profissionais de saúde e caminhoneiros nas estradas. Salão de beleza e barbearia só poderão funcionar com agendamento. Shoppings só poderão funcionar através de delivery ou drive thru. Locadoras de veículos poderão funcionar. Cultos e missas poderão continuar sendo realizadas de forma on-line, através de drive-in (dentro dos carros) ou com um terço da capacidade.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: