LIVE – Adalberto Fulgêncio diz que curva de transmissão da Covid-19 começa a estabilizar em JP e prevê retorno gradual da economia

Em live com o jornalista Anderson Soares, na noite dessa sexta-feira (5), o secretário de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, revelou que os últimos dias de maio foram os mais difíceis para rede hospitalar da capital, que chegou perto do colapso, com 95% de ocupação de UTI’s. Ontem, a taxa de ocupação estava em 87%, mas na quinta-feira (4), o índice era de 81%. O ideal é que esse valor esteja sempre abaixo de 85%. O secretário disse, no entanto, que João Pessoa tem uma rede de UPA’s, PSF’s e UBS’s que estão dando o suporte necessário no enfrentamento da doença.

“Os últimos quinze dias de maio foram horríveis. Na verdade, faz uns dois dias que eu durmo mais tranquilo. Dormi com a taxa de ocupação de leito de UTI com 95%, você não dorme não. Com 80% já estamos no céu, mas temos que baixar de 85% porque 85 é crítico. O que é fundamental não é apenas leitos de UTI, a gente trabalha muito com as UBS’s, as residências, os PSF’s trabalham demais, as UPA’s também. Eu tenho o termômetro das UPA’s. Hoje, elas estão lotadas, mas não estão superlotadas ou estressadas. Uma lotação que é plenamente natural para quem conhece o Sistema de Saúde”, disse.

Adalberto acredita que chegamos ao ponto em que a curva de disseminação do vírus em João Pessoa começa a estabilizar e que podemos pensar na retomada gradual da economia. “Eu diria que está estável (a curva). Acho que a gente está naquele estágio que começa a ver o pico da montanha e começa a estabiliza. Isso é fundamental para que a gente possa pensar dialogar com setores produtivos para construir saídas, mas essa volta tem que ser lenta, gradual, com responsabilidade. Não pode abrir tudo. O prefeito já começou a dialogar com diversos segmentos para ver saídas. Essa semana, com a rigorosidade do isolamento, se agente mantiver a tendência, acho que a gente pode construir indicadores pra pensar novas alternativas no enfrentamento da Covid-19”, declarou.

Veja o vídeo:

 

 

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: