Hidroxicloroquina: Em apenas um dia, Hospital Pedro I registra 15 altas de pacientes com coronavírus em CG

O Hospital Municipal Pedro I registrou 15 altas de pacientes internados em leitos para tratamento da Covid-19, apenas nesta segunda-feira (1º), em Campina Grande, na Paraíba. No total, são oito homens e sete mulheres, com idades entre 38 e 82 anos, residentes do município.

O município registra 1.342 pessoas já recuperadas da doença. Este é o maior número de altas registrado na unidade, desde o começo da pandemia no município, no mês de março. O secretário de Saúde do município afirmou que o sucesso na recuperação se deve ao protocolo adotado pela prefeitura em relação ao uso da hidroxicloroquina de forma precoce.

Por enquanto, outros 75 pacientes ainda permanecem internados no complexo hospitalar do Pedro I. Destes, 32 estão em leitos UTI e 43 em enfermarias regulares. A estrutura, montada pela Prefeitura no local, dispõe de 138 leitos exclusivos para Covid-19, divididos entre o Pedro I e o Hospital de Campanha Dr. Virgílio Brasileiro, sendo 50 de UTI, com respiradores e 88 de enfermaria.

Além dos leitos do Complexo do Pedro I, também estão sendo oferecidos 115 leitos de UTI e enfermaria para Covid-19, pelo SUS, no Hospital Municipal da Criança e do Adolescente, Hospital de Trauma, Hospital Universitário Alcides Carneiro e na maternidade do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida – ISEA. Os hospitais particulares Antônio Targino e Santa Clara disponibilizaram 84 leitos para o público da rede privada.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: