Daniella Ribeiro propõe força-tarefa para ativar hospitais abandonados em JP e garantir reforço de leitos para possível aumento do novo coronavírus na PB

Daniella Ribeiro propõe força-tarefa para ativar hospitais abandonados em JP e garantir reforço de leitos para possível aumento do novo coronavírus na PB

Diante da situação preocupante do novo coronavírus, que já registra uma morte no Brasil, a senadora Daniella Ribeiro (Progressistas-PB) propõe uma ação emergencial para atender os possíveis casos que venham a surgir na Paraíba, conforme alerta das autoridades de saúde. A primeira dessas medidas seria a ativação de quatro hospitais em João Pessoa, que há anos se encontram fechados. Seriam eles: Santa Paula, João Soares, Hospital Psiquiátrico de Cruz das Armas e o Hospital 13 de Maio. A proposta é que eles possam servir como hospitais de campanha, através de iniciativa do Governo do Estado e da Prefeitura de João Pessoa.

Juntos, os quatro hospitais têm capacidade para aproximadamente 300 leitos, o que seria um reforço significativo caso a Paraíba venha a registrar paciente com a Covid-19. Atualmente, os hospitais de referência para os casos suspeitos no Estado são o Clementino Fraga, Hospital Universitário Lauro Wanderley e o Pedro I. Segundo a Secretaria de Saúde

“Mesmo que não tenhamos, como afirma a Secretaria de Saúde, nenhum caso confirmado do novo coronavírus, precisamos nos preparar antes que esse possível surto se espalhe pelos estados brasileiros e atinja a Paraíba. Hoje temos três hospitais públicos apenas para receber os pacientes. É necessário fortalecer esse rede de apoio com hospitais de campanha”, declarou.

A senadora explicou que os quatro hospitais citados estão sob poder da Justiça do Trabalho e/ou Justiça Federal, por acúmulo de dívidas fiscais e trabalhistas. Alguns, inclusive, já foram para leilão e não foram arrematados. “Mesmo desativados, esses hospitais não precisam de muita coisa para funcionar. Seriam pequenas adaptações, cabeamento elétrico, internet e tubulação de gases), afirmou Daniella, que chegou a ser procurada por médicos sobre essa possibilidade.
Por fim, a senadora reforçou a necessidade de um esforço conjunto com a Justiça Federal, Justiça do Trabalho, MPE, MPU, MPT e Advocacia da União, além do Executivo estadual e municipal. “Com uma força-tarefa, incluindo aqui o Exército, esses hospitais poderiam ficar prontos em cerca de 40, 50 dias. Quando passar essa pandemia, os hospitais podem ser direcionados para outros atendimentos à população paraibana, que necessita desse reforço na assistência à saúde”, pontuou.
Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta disse que o pico do novo coronavírus deve ocorrer até o final de junho no Brasil.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: