Tribunal de Justiça marca julgamento de Berg Lima no caso em que prefeito foi filmado recebendo propina

Berg Lima flagrado supostamente recebendo propina de um fornecedor da cidade

O julgamento do mérito do caso do vídeo em que o prefeito de Bayeux, Berg Lima, foi flagrado, supostamente recebendo propina de um comerciante local em troca da liberação de pagamentos atrasados, já foi marcado no Tribunal de Justiça da Paraíba. O processo será julgado na próxima terça-feira (11), pela Câmara Cível. Nesse caso específico, Berg será julgado pelo suposto crime de improbidade administrativa.

O prefeito já foi condenado pela justiça de Bayeux. Caso a Câmara Cível confirme a decisão de primeira instância, Berg se tornará inelegível já que foi condenado por órgão colegiado podendo até ser afastado do cargo. Um outro processo sobre o mesmo fato, porém na esfera criminal, está em fase de alegações finais e deve ter o julgamento marcado para o início de março.

Relembre o caso

Berg Lima foi preso em flagrante no dia 4 de julho de 2017, numa ação realizada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), acusado de crime de corrupção passiva e peculato. O recebimento do dinheiro foi filmado e o vídeo mostra um empresário fornecedor da prefeitura de Bayeux contando o dinheiro, que soma R$ 4 mil, e entregando ao prefeito.

Berg Lima foi detido em um restaurante, que seria do fornecedor que pagou a suposta propina. O dinheiro foi apreendido com o prefeito.O gestor foi preso e encaminhado para o 5º BPM, no Valentina, onde ficou preso por cinco meses. O dinheiro seria uma contrapartida para que o empenho do empresário fosse liberado. Nas imagens, após a contagem do dinheiro, o prefeito faz uma ligação para um secretário, solicitando a liberação do empenho.

Veja o vídeo:

Comentários

Blog do Anderson Soares - Todos os Direitos Reservados

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: