OUÇA: Em diálogo com Daniel Gomes, Gilberto Carneiro revela que Ricardo Coutinho “pediu a cabeça” de Octávio Paulo Neto da coordenação do Gaeco

Gilberto Carneiro, ex-procurador-geral do Estado

 

Diálogo entre o lobista da Cruz Vermelha, Daniel Gomes e o ex-procurador do Estado, Gilberto Carneiro, revela a preocupação da organização criminosa do PSB com as eleições no Ministério Público Estadual. O áudio é de junho de 2017 e mostra a articulação da orcrim para manter influência no MPPB e arquivar investigações contra o grupo. “Fiquei preocupado. A princípio, o cara ia arquivar. Estava tudo certo para arquivar e foi nomeado um coordenador novo, um tal de Octávio Paulo Neto”, diz Daniel Gomes

Em dado momento da conversa, Daniel enfatiza a preocupação com a nomeação do novo coordenador do Gaeco e pergunta a Gilberto Carneiro informações sobre o promotor. Gilberto ressalta que Paulo Neto não faz parte do grupo ligado ao governo e revela, inclusive, que o ex-governador, Ricardo Coutinho, pediu ao ex-procurador-geral de Justiça, Bertrand Asfora, que substituísse Octávio do Gaeco, mas o pedido não foi atendido.

“Esse cara, esse tal de Octávio Paulo Neto não gosta da gente, ele não gosta do governo. Inclusive, o governador (Ricardo Coutinho) pediu a Bertand que substituísse ele (Octávio Paulo Neto), mas ele (Bertrand) não substituiu. Me preocupo o fato de ter ele (Octávio) lá”, diz Gilberto Carneiro.

 

Ouça o áudio:

 

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: