EXCLUSIVO: Câmara de Bayeux convoca sessão extraordinária para julgar pedido de cassação de Berg Lima nesta quarta-feira


O ano de 2020 começar em pleno vapor na política de Bayeux. É que o presidente da Câmara Municipal, Jefferson Kita (PSB), convocou os vereadores para a 1ª sessão extraordinária do ano, que vai julgar o pedido de cassação do prefeito Berg Lima. Esse pedido se refere à supostas irregularidades praticadas pelo gestos, no pagamento de adicional noturno a guardas municipais. Segundo a denúncia, guardas que trabalhavam no período da manhã, mas recebiam adicional noturno.

A Comissão Processante votou, em sua maioria, pelo arquivamento da denúncia. A relatora, vereadora França votou pelo arquivamento e foi acompanhada pelo presidente da Comissão, Adriano Martins. O vereador Lico divergiu e votou pela procedência da denúncia. O voto da comissão vai a plenário e os vereadores decidirão se arquivam ou afetam o prefeito. Para cassá-lo são necessários 12 dos 17 votos. Esse é o primeiro de três pedidos de impeachment de Berg Lima.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: