Réu na Operação Calvário, juiz marca audiência de instrução e julgamento de Gilberto Carneiro

O juiz da 5ª Vara Criminal de João Pessoa, Giovanm Magalhães Porto, designou para o dia 18 de novembro, às 14h, audiência de intrução e julgamento do ex-procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro. Denunciado pelo Ministério Público, Gilberto Carneiro, é acusado de crimes de peculato e lavagem de dinheiro.

Ao apresentar na 5ª Vara Criminal de João Pessoa, defesa do ex-procurador do Estado, os advogados Geilson Salomão Leite e Gabriel Braga, alegam que o GAECO não possui provas que possam incriminar seu cliente. Os advogados alegam “ausência de justa causa para ação penal”. Segundo eles, Gilberto Carneiro não praticou o crime de peculato-desvio.

O juiz Giovanm, porém, rejeitou a preliminar apresentada pela defesa. “Não sendo caso de absolvição sumária de nenhum dos acusados, determino o regular prosseguimento do feito”, manifestou o magistrado. “Sendo assim, designo o dia 18 de novembro de 2019, às 14h, para a realização de audiência de instrução e julgamento”.

Com informações do Rádio Blog

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: