10×7: Câmara de Bayeux aceita novo pedido para cassar mandato do prefeito Berg Lima


A Câmara Municipal de Bayeux aceitou nesta terça-feira (29), mais um pedido de cassação do prefeito Berg Lima. Berg é acusado de pagar, indevidamente, adicionais noturnos a guardas municipais. Segundo a denúncia, o prefeito pagou o benefício a guardas que estavam de férias e também àqueles que trabalhavam durante o dia.

Dez vereadores votarem pela aceitação da denúncia e sete votaram contra. Era necessário maioria simples para o pedido ser aceito, ou seja, nove votos. O vereador Adriano Martins será o presidente da Comissão Processante. A vereadora França será a relatora e Lico, membro. A comissão vai ouvir testemunhas de defesa e acusação, para em seguida, emitir o parecer final que será apreciado pelo plenário.

Esse é o terceiro pedido de cassação de Berg Lima. Nos outros dois, os vereadores o livraram. O primeiro foi baseado nas denúncias do Gaeco, nas quais culminaram na prisão do prefeito por cobrança de suposta propina a um fornecedor local. A segunda denúncia foi baseada em supostas irregularidades na locação de caminhões fantasmas para o município.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: