Efraim Filho diz que reunião mostra bancada madura e unida em defesa dos interesses da Paraíba

“Desta reunião saíram duas mensagens importantes; uma técnica, o orçamento sendo discutido, as prioridades sendo encaminhadas e os investimentos que virão para a Paraíba. A outra é a mensagem política. A mensagem de coesão, de unidade. De uma Paraíba com o palanque desarmado, amadurecida, agindo de forma unida para brigar pelos investimentos que cabem a nós“. A declaração é do coordenador da bancada da Paraíba no Congresso Nacional, deputado Efraim Filho (DEM), nesta terça-feira (8).

De acordo com o parlamentar o objetivo da reunião era ouvir as demandas do Estado dos municípios, das entidades e instituições que recebem recursos da União para o desenvolvimento da Paraíba, visando definir as emendas coletivas a serem apresentadas ao projeto de lei do Orçamento da União 2020 (OGU).

Neste sentido o governador João Azevedo colocou como meta do estado a segurança hídrica, o arco metropolitano, a construção da adutora Transparaíba que vai levar água do açude Epitácio Pessoa, mais conhecido com Açude Boqueirão, no Cariri paraibano, para outras cidades da Paraíba.

Os prefeitos de João Pessoa, Luciano Cartaxo e de Campina Grande, Romero Rodrigues mostraram preocupação para conclusão de obras de pavimentação, escola integral, construção de maternidade, entre outas ações.
Do lado acadêmico tanto as universidades como o Instituto Federal mostraram necessidades como infraestrutura, logística e implantação de novas formas de energia e o hospital universitário que tem duas finalidades, a acadêmica e o atendimento da população. Entre as reivindicações foi dado ênfase para acessibilidade, mobilidade e sustentabilidade.

Segundo o deputado Efraim a Paraíba receberá bons investimentos para gerar emprego e renda no estado. Ainda de acordo com Efraim Filho na próxima semana os parlamentares receberão os prefeitos para atendimento das demandas individuais contemplando as reinvenções da base.

“Acredito que em 15 dias teremos o fechamento das discussões e apresentação da ata final, na qual serão definidas as prioridades e quais os valores caberão a estes investimentos.
A bancada da Paraíba tem R$ 247 milhões disponíveis para investimentos. Mas as demandas apresentadas ultrapassam R$ 1 bilhão. “São muitas demandas para pouco recurso e por isso teremos que saber escolher e atender as prioridades”, finalizou Efraim.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: