Ricardo impõe condições para manter aliança com João: “Que o caminho definido para o qual eu fiz um sacrifício seja preservado”

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) negou nesta quinta-feira (12), durante entrevista ao portal Diário do Sertão, rompimento com o governador João Azevêdo (PSB) e até admitiu conversar com João, caso seja chamado pelo governo. No entanto, Ricardo admitiu que pode romper com Azevêdo, caso ele não preserve “o caminho” estabelecido pelo PSB no Estado.

“Eu simplesmente quero que um caminho que foi definido para o qual eu fiz um sacrifício seja preservado. É um direito meu. Se alguém não quer preservar, paciência. Aí sim, nós haveremos de nos tornar adversários, mas não é isso que eu vejo. Espero que o governador João Azevêdo, cada vez mais, esteja consciente dessa situação”, destacou.

 

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: