Presidente nacional do PSB pede entendimento entre Ricardo e João sobre “guerra” pelo comando do PSB na PB

O presidente Nacional do PSB, Carlos Siqueira, comentou nesta quinta-feira (15), sobre o “racha” no PSB paraibano após o governador João Azevêdo nomear o presidente estadual do partido, Edvaldo Rosas, para Secretaria Chefe de Governo.

Golpe: Ricardo articula renúncia coletiva dos diretorianos do PSB para destituir Edvaldo Rosas do comando do partido

Em entrevista ao repórter Maurílio Júnior, do Portal MaisPB, Siqueira adotou um tom cauteloso, preferindo não emitir juízo de valor sobre a disputa, mas deixou claro que não vê nenhuma incompatibilidade – como sugerem os “girassóis raiz – em Edvaldo assumir as duas funções.

“Isso não é ilegal (o presidente estadual ser também secretário). É uma decisão política, que cabe ao PSB da Paraíba adotar. O assunto está no âmbito do estado, o que eu peço é que as lideranças se entendam e encontrem uma solução boa para todos. Acho que temos um legado importante e precisamos de um entendimento para que as coisas continuem fluindo bem para todos”, apelou.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: