RACHA: Ricardo Barbosa diverge dos “girassóis raiz” e defende Rosas no comando do partido

A novela do racha no PSB paraibano está longe do fim. Enquanto os “girassóis raiz”, aliados do ex-governador Ricardo Coutinho defende depuração no partido, inclusive, com a saída de Edvaldo Rosas da Presidência Estadual da legenda, a ala “rebelde” do PSB quer a permanência de Rosas no comando da legenda.

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Ricardo Barbosa, divergiu dos “girassóis raiz” sob o argumento de que no atual contexto político nacional, Edvaldo é a pessoa certa no lugar certo. “Pelo que a conjuntura apresenta atualmente, não há outro nome mais adequado para representar o partido e ao mesmo tempo ajudar politicamente o governo numa secretaria como Rosas”, afirmou

Além do evidente racha interno que a declaração do líder do governo traz, a fala é uma mensagem indireta para o ex-governador, que tenta ter o controle, total da sigla, e pretende imprimir uma postura mais radical em relação ao Governo Federal. Postura que só aumenta o abismo na relação de João Azevêdo  com o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Comentários

Blog do Anderson Soares - Todos os Direitos Reservados

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: