Nas redes sociais, presidente do TJPB defende Sérgio Moro: “Vazou algo sobre ele falsificar provas ou receber propina das suas sentenças?”

O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Márcio Murilo da Cunha Ramos, fez uma postagem nas redes sociais, neste sábado (15), em defesa do ministro da Justiça, Sérgio Moro, que teve conversas com o coordenador da Operação Lava Jato, Deltan Dellagnol, vazadas por um site.

Na Publicação, o presidente do TJPB questiona se na conversa há algum indício que o então juiz Sérgio Moro falsificou ou ocultou provas para incriminar o ex-presidente Lula (PT). “Até hoje vazou algo sobre Moro falsificar/ocultar provas ou receber propina das suas sentenças confirmadas no TRF?”, questionou.

Confira a postagem:

Comentários
Fechar Menu