Juíza revela que escândalo da Cruz Vermelha envolve Governo da Paraíba e desmonta discurso de João Azevedo

O discurso do ex-governador Ricardo Coutinho e do atual gestor João Azevedo, ambos do PSB, de que o escândalo da Cruz Vermelha Brasileira não atingiria o Governo do Estado, foi desmontado pela Justiça. A juíza Andréa Gonçalves Lopes Lins, da 5º Vara Criminal da Capital, responsável pela Operação Calvário, revelou que os atos ilícitos e graves envolvem sim o Governo da Paraíba, em sentido amplo.

“As circunstâncias indicam gravidade dos fatos que envolvem o próprio Governo da Paraíba, em sentido amplo”, revelou a magistrada na decisão que converteu a prisão preventiva da ex-secretária de Administração Livânia Farias, em medidas cautelares.

Em dezembro, quando ocorreu a primeira fase da Operação Calvário, o ex-governador Ricardo Coutinho declarou que o escândalo não envolvia o Governo da Paraíba. O atual governador João Azevedo também afirmou o não envolvimento do Governo nas investigações da Operação Calvário.

Figuras da cúpula Girassol aguardam tensos a próxima fase da Operação Calvário na Paraíba.

Blog do Marcelo José

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: