Desembargador nega habeas corpus e mantém empresário Roberto Santiago na prisão

A Justiça da Paraíba negou o pedido de habeas corpus ao empresário Roberto Santiago, que foi preso pela Polícia Federal na última sexta-feira (22). A defesa do empresário protocolou neste domingo (24) outro pedido de habeas corpus no Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

O desembargador plantonista Fred Coutinho decidiu negar a liminar e manter o empresário Roberto Santiago preso. Fred Coutinho negou no último sábado (23) a liminar pedindo a soltura de Roberto Santiago. O mérito do habeas corpus ainda deverá ser apreciado.

Ainda na última sexta-feira o empresário passou por audiência de custódia e ficou decidido o seu recolhimento no 1º Batalhão de Polícia Militar, no bairro do Varadouro, em João Pessoa.

ClickPB

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu