TSE realiza audiência de instrução que pede a inelegibilidade de Ricardo e Haddad pelo uso da máquina pública nas eleições de 2018

O Tribunal Superior Eleitoral realiza nesta quarta-feira (20), às 14h, audiência de instrução da Acão de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), n. 11527, impetrada pelos advogados da coligação do então candidato à Presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), entre eles, o paraibano Carlisson Figueiredo, na qual pede a inelegibilidade do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e do ex-candidato à Presidência, Fernando Haddad (PT). Na audiência de hoje, as testemunhas de defesa e acusação serão ouvidas. A ação pede a inelegibilidade de oito anos para ambos e aplicação de multa.

Na representação, os advogados de Bolsonaro acusam Ricardo Coutinho de ter usado a máquina pública do Governo da Paraíba a favor da candidatura de Haddad. No pedido, alegam que Ricardo usou o jornal A União para fazer matérias em defesa de Haddad e negativas a Bolsonaro. Além disso, acusa o ex-governador de ter feito reuniões para pressionar funcionários públicos a fazer campanha pelo candidato petista. Afirmam, também, que a estrutura da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) foi usada para fomentar a candidatura petista.

Este post tem 6 comentários

  1. Perdeu PT agora deixa o nosso Presidente govrnar

  2. É muito cara de pau esse Bozo só engana os débilmental!!!

  3. Vc deveria tomar vergonha na cara seu ladrão vc usou tanto fakes contra Fernando haadad,outra seu filho é um vagabundo vai se fuder ladrão

  4. A melhor forma de verificar essas acusações é através da justiça. Se realmente cometeu no que está sendo processado vai vir ao conhecimento e ser processado e fim da história.

  5. Ricardo Coutinho vai ser o Sérgio Cabral da Paraíba. LADRÃO e AUTORITÁRIO

  6. Estranho. Como num final de campanha, o candidato termina exausto financeiramente; a senhora Cida Ramos, super apadrinhada de RC, externou nos outdoors paraibanos seu “agradecimento pela votação histórica”. As redes sociais não seriam mais em conta não? para quem era uma simples secretária…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu