Após publicação do Blog do Anderson Soares, juiz proíbe visita de políticos e do comandante da PM à Livânia

Durante audiência de custódia nesta segunda-feira (18), no Tribunal de Justiça da Paraíba, o juiz Adilson Fabrício, decidiu manter a prisão da ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias e restringir as visitas somente à parentes e advogados da ex-secretária.  Nenhuma autoridade política poderá visitar a ex-gestora, que terá escolta feita apenas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

BASTIDORES: Além de Gilberto Carneiro, cúpula da Segurança Pública também visita Livânia Farias na 6a CIPM

A decisão da justiça vem após o Blog do Anderson Soares revelar que Livânia recebeu a visita do procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, do secretário de Segurança Pública, Jean Nunes e do comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves, nesse domingo (17). A restrição das visitas e a excepcionalidade das escoltas à Livânia Farias, fazem parte de nova decisão do desembargador Ricardo Vital de Almeida. O magistrado decidiu, ainda, que a ex-secretária não poderá ser visitada pelo comandante da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller. O ato não será permitido nem em caráter de inspeção.

Após visitas à Livânia, Wallber Virgolino sugere transferência de ex-secretária para Presídio Federal

“O governo se mostra solidário às práticas de Livânia Farias”, dispara Raniery Paulino

Livânia foi presa no sábado (18) ao desembarcar no aeroporto Castro Pinto. Ela foi levada para Acadepol, em Jacarapé para exames de corpo de delito e logo após foi encaminhada para a 6a Companhia Independente de Policia Militar (CIPM). As informações foram veiculadas no Correio Debate, da 98 FM.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu