Revoltado com vazamento de informação, governo pode implodir articulação na ALPB

Sede da Assembleia Legislativa da Paraíba

 

Não era para ter vazado. A articulação estava sendo feita de forma sigilosa, mas o Blog do Anderson Soares teve acesso a informações privilegiadas sobre as tratativas do Governo do Estado para contemplar o 2° suplente de deputado estadual, Lindolfo Pires (Podemos) com uma vaga na Assembleia Legislativa.

O plano passa pelas licenças de Hervázio Bezerra (PSB) e João Gonçalves (Podemos). Ambos assumiram uma secretaria na gestão estadual. O primeiro iria para Articulação Política e o segundo ocuparia a Secretaria de Esportes. Desta forma, abririam espaço para Jutay Meneses (PRB), primeiro suplente e Lindolfo, segundo suplente.

Indignados com o vazamento, alguns deputados tentaram desqualificar o Blog desmentindo a informação. A posse de Hervázio e João Gonçalves aconteceria ainda está semana, mas para tentar criar a impressão de que o Blog cria notícias falsas, é possível que haja recuo na articulação.

A grande preocupação do governo é saber quem vazou a informação. Por isso, foi montado uma operação de guerra para descobrir a fonte do blog. Assessores de deputados e pessoas próximas ao governo estão sendo pressionados para descobrir quem é a fonte.

Essa não é a primeira vez que o governo muda os planos para tentar desqualificar as informações do blog. No início do ano, o governador desmarcou uma reunião com os secretários porque o Blog havia antecipado. Na disputa pela Mesa da Assembleia Legislativa, João teria marcado uma reunião com todos os deputados, mas desmarcou e conversou um a um, depois que o blog havia antecipado.

A ordem da Comunicação do Estado é vender a ideia que o Blog do Anderson Soares produz factóides e fake news, sobretudo, depois das informações antecipadas sobre o envolvimento de secretários na Operação Calvário.

Sobre este assunto, aliados do governo publicaram nas redes sociais que o jornalista Anderson Soares teria cometido “barrigada” (jargão usado no meio jornalisto para tratar de uma informação errada) ao publicar a informação que o secretário de Planejamento do Estado, Waldson de Souza, recebia mensalão da Cruz Vermelha, após o desembargador corrigir a informação. Na verdade, o magistrado corrigiu e assumiu a culpa pelo equívoco cometido por ele e não pelo Blog.

Por aqui, vamos continuar praticando o jornalismo combativo, ético e sempre pautado pela verdade, mesmo incomodando os setores mais poderosos da Paraíba. Apesar dos esforços, o governo terá muito trabalho para descobrir as fontes do Blog. Ainda existe cumplicidade, lealdade e respeito nesse meio. Fator fundamental para o Blog do Anderson Soares conquistar mais fontes é informações sigilosas a cada dia. Fiquem de olhos abertos.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: