Senador José Maranhão diz que MDB terá candidato único à Presidência do Senado

Após reunião do MDB nesta tarde, para definição do candidato do Partido à Presidência do Senado, José Maranhão afirmou que o MDB está unido e apresentará um nome único para a disputa. Maranhão assumiu a liderança provisória do Partido e comandará a escolha do candidato único.

A reunião ficou marcada para a quinta-feira às 17h, véspera da sessão do Senado Federal de abertura dos trabalhos legislativos. Ele negou a possibilidade de candidatura avulsa do MDB para Presidência da Casa.

“O Partido teve unanimidade nesta questão, ninguém vai embarcar numa candidatura avulsa. O MDB vai apresentar um único nome”, afirmou aos jornalistas na saída da reunião.

A senadora Simone Tebet (MDB/MS) declarou que mantém a intenção de presidir o Senado, e reiterou a unidade partidária por um único nome.

O senador Renan Calheiros (MDB/AL) também apontado como candidato, destacou que só entrará na disputa à Presidência do Senado “se essa for a escolha do MDB”.

O Senador José Maranhão poderá presidir a sessão de inauguração do Ano Legislativo no Senado Federal. É que dos membros da Mesa Diretora anterior, o único que continua o mandato é o senador Davi Alcolumbre (DEM/AP) mas ele anunciou que vai se candidatar à Presidência do Senado.

Neste caso, segundo o Regimento Interno, preside a sessão de instalação da nova Legislatura o decano do Senado, que é o senador José Maranhão.

Comentários
Fechar Menu