Opinião: O protagonismo político da Paraíba nas mãos de Julian Lemos, a nova liderança do Nordeste

A eleições de 2018 quebraram todos os paradigmas, modelos e padrões já vistos na história da República Federativa do Brasil. É a primeira vez em que o presidente do Brasil é eleito sem dever nada às tradicionais forças políticas, econômicas e de comunicação do país. Jair Bolsonaro recebeu um cheque em branco da população para mudar os destinos da nação.

Por trás de toda esse “tsunami” eleitoral que varreu a velha política do país, surge um paraibano até então desconhecido no meio político, mas que teve papel fundamental em toda gestação do projeto. Trata-se do deputado federal eleito, Julian Lemos. Amigo e irmão de Jair Bolsonaro, o paraibano foi o responsável pela costura política que levou o presidente eleito a se filiar e assumir o comando do PSL, partido nanico que se transformou na maior legenda do Brasil.

É preciso reconhecer o talento, a inteligência e a capacidade de articulação do paraibano, neófito na política, mas um estrategista político nato. Com forte poder da oratória, Lemos conquistou um mandato de deputado federal, que surpreendeu até as “raposas políticas” do nosso estado, derrotando oligarquias tradicionais da Paraíba. Foi um Davi nessas eleições. Agigantou-se. Agora, surge como a mais nova liderança política da Paraíba e do Nordeste.

Recebeu a missão do amigo presidente, de coordenar todas as ações na região. Todos os projetos importantes para o Nordeste passarão pelas mãos do paraibano. Nunca um filho da terra recebeu tamanha força e poder político outorgado pelo presidente da República. Com tamanha influência, Julian poderá entrar para a história política da Paraíba com o grande responsável em quitar a dívida do Governo Federal com nosso estado.

Em recente entrevista à emissoras de Rádio na Paraíba, Bolsonaro enfatizou que projetos importantes para o estado como a duplicação da BR-230 de Campina Grande até Cajazeiras, Porto de águas Profundas em Cabedelo, Transnordestina e Parque Eólico no estado serão tratados, diretamente, com o deputado eleito. Julian Lemos será um espécie de primeiro-ministro do governo Bolsonaro e porta-voz dos interesses da Paraíba e Nordeste. Tem a chance de mudar a história política e econômica da menosprezada Paraíba.

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: