Daniella apresenta denúncia de ataques nas redes sociais ao MPF

 

Daniella Ribeiro, candidata ao Senado Federal pelo Progressistas, apresentou denúncia por prática de crime eleitoral ao Ministério Público Federal da Paraíba (MPF-PB), na tarde desta terça-feira (25). O conteúdo da denúncia são os ataques sofridos pela candidata através de uma conta fake nas redes sociais, com uso da internet da Empresa Paraibana Daniella Ribeiro, candidata ao Senado Federal pelo Progressistas, apresentou denúncia por prática de crime eleitoral ao Ministério Público Federal da Paraíba (MPF-PB), na tarde desta terça-feira (25). O conteúdo da denúncia são os ataques sofridos pela candidata através de uma conta fake nas redes sociais, com uso da internet da Empresa Paraibana de Turismo (PBTUR), do Governo do Estado da Paraíba.

Daniella, juntamente com seus advogados, foi recebida pelo procurador-regional eleitoral, Victor Veggi, e pelos procuradores auxiliares Rodolfo Alves e Sérgio Pinto. Segundo o MPF, será aberto um procedimento investigativo criminal para apurar as condutas praticadas e buscar os responsáveis pelos crimes.

“A resposta que será dada pelas investigações será uma resposta não só a mim, mas a toda a sociedade paraibana. As pessoas não podem simplesmente se esconder atrás de perfis falsos e atingir a honra do próximo. Aconteceu comigo, mas pode acontecer com qualquer outra pessoa amanhã ou depois. Eu me senti agredida moralmente, tentou me intimidar”, afirmou Daniella.

Antes de procurar o MPF, a assessoria jurídica da candidata, composta pelos advogados Rodrigo Maia, Diego Albuquerque, Daniel Moura e Alan Reus, ingressou com representação na Justiça Eleitoral, que por sua vez determinou a retirada das postagens preconceituosas e misóginas e identificou Ary Washington da Silva Júnior como o responsável.

Segundo a Justiça, ele usou a internet da PBTUR para fazer as postagens agressivas à candidata, enquanto ela participava de debate na TV Arapuan, no início do mês de setembro. O conteúdo das mensagens tinha caráter preconceituoso e machista, atingindo frontalmente a honra e a dignidade de Daniella.

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: