Berg Lima será ouvido nesta segunda-feira pelo Ministério Público no caso da propina a empresário

O prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima e testemunhas de defesa serão ouvidos nesta segunda-feira (4), às 14h, pelo Ministério Público Estadual, na 4a Vara de Bayeux. Uma Ação Civil Pública pede a punição ao prefeito por crime de improbidade administrativa.

Berg é acusado de cobrar propina a um empresário da cidade, a fim liberar pagamentos atrasados da gestão do ex-prefeito, Expedito Pereira (PSB). A ação foi gravada pelo empresário, que junto com o GAECO, planejou a prisão em flagrante de Berg Lima.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: