Após três meses presa, Justiça manda soltar ex-prefeita de Conde Tatiana Correia

A juíza da Comarca de Caaporã, Daniere Ferreira de Souza, mandou soltar nesta quarta-feira (30), a ex-prefeita de Conde, Tatiana Correa. A magistrada converteu a prisão cautelar em prisão domiciliar. De acordo com a decisão, a ex-prefeita não pode se ausentar da comarca do município nem sair de casa no período noturno. Além disso, a juíza determinou que Tatiana faça a doação de cinco cadeiras odontológicas ao município.

Tatiana foi presa no dia 6 de março deste ano, acusada desapropriação fraudulenta de terras, no valor de R$ 620 mil, valores estes que retornaram em benefício através da utilização de terceiras pessoas, à época em que comandou o Conde. A desapropriação, segundo o Gaeco, ocorreu no Loteamento das Crianças, onde a prefeitura construiu em terreno pertencente a um terceiro.

De acordo com o Ministério Público, a prefeita convenceu o proprietário a retirar a ação de despejo. Com isso, a prefeitura abriu processo para a desapropriação do terreno. O município arbitrou o pagamento de R$ 620 mil. Os recursos, no entanto, foram pagos a José Nicodemos dos Santos Silva sem que ele apresentasse os documentos que atestam a posse. Os recursos foram pagos através de cheques da administração municipal, que teriam sido usados para a compra de bens a fim de disfarçar a origem.

Veja a decisão no link abaixo:

Decisão. Conde. 30.05.2018._20180530114420

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: