Pipeiros fecham estradas na PB em protesto à cobrança de ICMS para transporte de água

A cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para o transporte de água por meio de carros-pipa na Paraíba, provocou a revolta dos trabalhadores que atuam no segmento.

Na manhã desta segunda-feira (21), os pipeiros estão realizando um bloqueio nas saídas das cidades de Remígio, Areia, Arara e Solânea.

A cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para o transporte de água por meio de carros-pipa na Paraíba, provocou a revolta dos trabalhadores que atuam no segmento.

Na manhã desta segunda-feira (21), os pipeiros estão realizando um bloqueio nas saídas das cidades de Remígio, Areia, Arara e Solânea.

A principal reivindicação é a retirada do imposto, já que os pipeiros alegam que se pagarem os 18% de ICMS, será impossível exercer a atividade.

A categoria alega ainda que a cobrança de imposto prejudica não só os mais de 2.800 profissionais do setor na Paraíba, mas toda a população que depende da água levada por eles para sobreviver ou manter a produção agrícola.

O protesto teve início por volta das 7h da manhã e apenas está sendo permitida a passagem de ambulância, viatura ou transporte de enfermos e carga viva.

A principal reivindicação é a retirada do imposto, já que os pipeiros alegam que se pagarem os 18% de ICMS, será impossível exercer a atividade.

A categoria alega ainda que a cobrança de imposto prejudica não só os mais de 2.800 profissionais do setor na Paraíba, mas toda a população que depende da água levada por eles para sobreviver ou manter a produção agrícola.

O protesto teve início por volta das 7h da manhã e apenas está sendo permitida a passagem de ambulância, viatura ou transporte de enfermos e carga viva.

Blog do Ninja

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: