Secretária de Finanças do Estado teria recebido propina da operação Xeque-Mate

A secretária estadual de Finanças, Amanda Araújo Rodrigues, teria sido beneficiada com o recebimento de propina da operação Xeque-Mate deflagrada pela Polícia Federal, na manhã desta terça-feira (03), para apurar um suposto esquema de corrupção na administração pública da cidade de Cabedelo, no Litoral Norte paraibano.

De acordo com o processo, o vereador Rosildo Pereira de Araújo Júnior, conhecido como “Júnior da Tele”, seria o responsável direto por capitanear o esquema de propinas entre os vereadores da base do prefeito Leto Viana (PRP) e servidores fantasmas e o montante de recursos era distribuído na conta do parlamentar e de Amanda, sua ex-esposa.

Leto, Júnior e outros quatros vereadores foram presos na operação. Ao todo, 11 pessoas foram presas.

Confira trecho do processo que cita a secretária Amanda Araújo Rodrigues.

20180403_192901

Crédito: Tá Na Área

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: