Zennedy lembra apoio do PSDB a RC em 2010 para enfatizar que tucanos perderam o timing

O secretário de Articulação Política de João Pessoa, Zennedy Bezerra (PMN), elencou os motivos da decisão do prefeito Luciano Cartaxo de permanecer na Prefeitura da capital. Durante entrevista ao Correio Debate, na Rede Correio Sat, Zennedy destacou que os prazos estipulados por Luciano não foram levados a séria pelos aliados, sobretudo, pelo PSDB.

“Luciano dizia que 31 de janeiro era o prazo razoável para definição do nome da oposição, sem necessariamente ser o dele. Nada seria feita com imposição. Passou 31 de janeiro e nenhuma definição. Após esse prazo, Luciano sempre pontuava que o foco agora era a gestão e que a oposição havia perdido o timing. Agora, temos todo tempo do mundo”, explicou.

Zenedy lembrou ainda, a posição do PSDB em 2010 em relação ao então prefeito Ricardo Coutinho (PSB). De acordo com o secretário, os tucanos decidiram apoiar a pré-candidatura de Ricardo ao Governo do Estado em janeiro de 2010, mesmo com a pré- candidatura de Cícero Lucena, decisão que não foi tomada em relação à pré-candidatura de Cartaxo.

“Para você ter uma ideia, em 2010, o PSDB decidiu no dia 19 de janeiro, apoiar a pré-candidatura do então prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho ao Governo do Estado. No dia 19 de janeiro deste ano, o PSDB se reuniu e decidiu manter a pré-candisatura de Romero Rodrigues e que, portanto, o prazo para definição não seria 31 de janeiro”, disse.

 

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: